Menu

Maquinário equipa municípios para desenvolvimento do Oeste

26 NOV 2013
26 de Novembro de 2013

IMG_4487IMG_4625

O Governo da Bahia entregou, nesta segunda-feira (25), quatro máquinas agrícolas ao Consórcio Intermunicipal da Bacia do Rio Corrente (Cibarc), composto por oito municípios da região Oeste do estado. Participaram da entrega, no município de São Felix do Coribe, os secretários Rui Costa (Casa Civil), coordenador das ações de desenvolvimento do semiárido, e Cezar Lisboa (Relações Institucionais), além do presidente da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), Elmo Vaz.

 

IMG_4237

O conjunto de máquinas, composto por trator, pá carregadeira, retroescavadeira e caminhão caçamba, possibilitará que os gestores municipais realizem obras indispensáveis ao sertão, como estradas vicinais, barragens subterrâneas, barreiros, que acumulam água. Um investimento estadual de R$1,5 milhão. “Esta é uma ação que, baseada na soma de esforços e na parceria, fortalece a região. Municípios equipados são sinônimo de fortalecimento para a convivência com o regime de chuvas do semiárido”, disse Rui Costa.

 

IMG_4976

Outras realizações foram anunciadas, a exemplo da distribuição de 159 mil mudas de palma para plantio adensado. Com isso, os agricultores familiares terão condições de ter uma reserva para alimentar rebanhos em períodos de seca.

 

IMG_5140IMG_5095IMG_4902IMG_5343

A regularização fundiária também compôs o ato em Coribe.  Mais de 200 agricultores familiares receberam títulos de terra, oficializando as suas propriedades. Os beneficiados moram nos municípios de Brejolândia, Canápolis, Correntina, Santa Maria da Vitória, Santana, Serra Dourada, Tabocas do Brejo Velho, além dos que residem na cidade anfitriã. “Agora, eu tenho sossego. Quem tem o que é seu não perde”, comemorou a agricultora familiar Alzira Maria (60 anos), da Fazenda Lameiro, de Santa Maria da Vitória.

 

IMG_5239

Para a democratização de acesso à água, o governo baiano autorizou início de sete sistemas de abastecimento para consumo humano, através da Cerb (Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia). As obras preveem um custo de R$1 milhão. A Cerb transferiu cinco sistemas de água para a gestão municipal de Bom Jesus da Lapa, Correntina e Tabocas do Brejo Velho. Ainda em obras hídricas, outro sistema de água teve ordem de serviço assinada. Agora, a execução ficará a cargo da Car (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional). São R$299 mil em recursos, beneficiando 170 agricultores familiares da comunidade Bonito, da cidade anfitriã. A Car também doou um trator, ao custo de R$72 mil, em prol da mecanização agrícola.

 

IMG_5193IMG_5254IMG_4712IMG_4643IMG_5495

Através da Codevasf, agricultores da região receberam 259 kits de apicultura e 75 de irrigação. A companhia autorizou a implantação de 8.388 cisternas, em que 33 mil pessoas serão beneficiadas, e anunciou o edital do projeto de irrigação de Mocambo-Cuscuzeiro. “Nesta área de 12 mil hectares, muitas famílias vão prosperar. É um local propício para a fruticultura”, explicou Elmo, ao anunciar que o edital do estudo de viabilidade técnica das duas primeiras etapas do projeto já foi lançado.

A Codevasf ainda cedeu um sistema de abastecimento de água para o município de Bom Jesus da Lapa por um prazo de 5 anos. O sistema atende 380 pessoas. (25.11.13)

http://www.casacivil.ba.gov.br

Fotos: Marco Athayde / Jornal ComércioHoje

Voltar